Atiradores matam pessoas que assistiam ao jogo do México em Ciudad Juárez

Ao menos seis pessoas que assistiam ao jogo do México foram mortas por atiradores em Ciudad Juáres, na fronteira entre o México e os Estados Unidos, neste sábado (23).

O local ficou conhecido no início desta década como uma das regiões mais atingidas pela violência do tráfico de drogas.

De acordo com as autoridades, o incidente aconteceu na zona sul da cidade. Là, oito homens que assistiam a partida entre o México e a Coreia do Sul pelo Mundial da Rússia, foram atacados por capangas armados, que mataram seis deles e feriram outros dois, segundo a Secretaria de Segurança.

Além disso, outras oito pessoas também foram mortas na cidade. No entanto, não há mais informações sobre a causa das mortes.

Com estes crimes, já são 128 as pessoas assassinadas durante junho em Ciudad Juárez, segundo balanço da imprensa local.

Mais de 200 mil pessoas foram assassinadas no México desde que o governo lançou, no final de 2006, uma polêmico ofensiva antidrogas, de acordo com cifras oficiais, que não detalham quantas dessas vítimas se relacionam com o crime organizado.

G1