Começa o julgamento da Barbie do PT

Nesta Terça-Feira, 19, vai começar o julgamento da Barbie do PT, a belíssima senadora Gleisi Hoffmann (PR), na Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF).

Devemos lembrar que o seu marido, o ex-ministro Paulo Bernardo, já foi preso pela Polícia Federal e ela é acusada de corrupção passiva e lavagem de dinheiro por ter recebido R$ 1 milhão em espécie desviado da Petrobras para financiar sua campanha de 2010.

Gleisi é a segunda ré da Lava-Jato a ter o destino definido pelo STF. No processo, há provas de que os recursos foram recebidos. Está nas mãos dos cinco integrantes da Corte analisar se o dinheiro foi mesmo parar na campanha da parlamentar.

Apesar de em público a senadora afirmar que está tranquila, nos bastidores existe o comentário de assessores próximos, que pediram sigilo, de que a petista está apavorada de ter a prisão decretada. Lembramos aos nossos leitores que existe a denúncia (não confirmada) nas redes sociais, de que a senadora seria amante de Luís Inácio Lula da Silva, e se isso for verdade (eu particularmente não acredito nessa hipótese) seria no mínimo constrangedor ter ao seu lado, sua possível, amante.

O que podemos perceber claramente é que o Brasil está transformando à sua postura contra políticos que desviam o dinheiro público e os magistrados federais estão mandando um recado claro e direto: ninguém está à cima da Lei.

Léo Vilhenna
Comentarista Político