SP: Tupã tem a segunda melhor rede de Saúde do Brasil

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) realizou um estudo inédito sobre o perfil da competitividade brasileira que constatou que o Estado de São Paulo tem 25 das 40 microrregiões mais competitivas do país. A pesquisa intitulada de “Perfil da Competitividade Brasileira” mostrou que a cidade de Tupã está em segundo lugar no ranking de Saúde.

O estudo foi reproduzido no jornal inglês Financial Times que tem distribuição para mais de 1 milhão de pessoas no mundo. O levantamento avaliou 558 microrregiões brasileiras. Os pesquisadores da FGV e do periódico consideraram seis vetores principais: capital humano, qualidade de vida, instituições, ambiente de negócios, mercados e recursos naturais e também 14 dimensões que impactam diretamente na competitividade brasileira, entre elas, educação básica, educação superior e profissional, infra-estrutura social, sustentabilidade, saúde, performance no setor público, logística, sofisticação em negócios, inovação, tamanho do mercado, mercado de bens, mercado de trabalho, recursos de energia renovável, agricultura e extrativismo.

O estudo, de acordo com o diretor da Fundação Getúlio Vargas Projetos, César Campos Cunha, revelou um país muito regionalizado em setores competitivos, com ambientes e realidades diferentes.

Saúde
Para avaliar o quesito saúde dessas microrregiões, a pesquisa abordou outras seis variáveis, como: emprego, emprego por atividade, leitos hospitalares, expectativa de vida, mortalidade infantil e avaliação da própria saúde (auto-declaração). Neste ranking, sete cidades do Estado de São Paulo ficaram entre as 20 mais bem colocadas, entre elas o município de Barretos, que aparece em primeiro lugar, e o município de Tupã classificado como segundo colocado.

Fonte: Prefeitura de Tupã | http://www.tupa.sp.gov.br/siteadd/saudepdf.pdf
Léo Vilhenna | Correspondente REDE CBN em Tupã, São Paulo

Nota: A Fundação Getúlio Vargas confirmou, por e-mail, a veracidade da pesquisa.